quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

BAILE MUNICIPAL?!

Pouco importa  se o prefeito Vavá Rufino   irá  promover o Baile municipal,  até  porque a maioria esmagadora  da população  pouco tá se lixando  pra esse fato. A realização ou não do referido  Baile  não   aumentará  nem diminuirá   o dinheiro do município.  Na verdade o povão está alheio  a todo esse tipo inócuo de debate  que com certeza  não  aumentará  os nossos  traços  culturais  já tão empobrecidos .  Com relação a prestação de  contas   de um  baile  municipal,  nota-se  que  trata-se  apenas  de  picuinha  dos que  não  possuem  competência   para  se organizarem de  forma  planejada e munidos  de  argumentos  e criticas  coerentes   cobrarem    da gestão  melhorias  nos  diversos  setores  de  atuação  da   administração, ação  que seria muito mais  relevante    para  a sociedade.  
Infelizmente ,  enquanto  o alarido  gira  em torno de uma  cobrança    da  prestação de contas   de  um baile  municipal  ou se  haverá ou não  o baile de 2018   os   defensores   da  moral e dos bons costumam habilmente  negligenciarem de forma  ardilosa ,   deixando  de lado tantos  problemas   que a décadas afligem e maltratam  a nossa comunidade  passando  a  eleger   dentre  tantas  outras coisas  importantes   a realização  ou não  de  um medíocre  baile  municipal  como  conditio sine qua nom  e  portanto transformá-la  no  calcanhar de aquile do  prefeito . Oh! Como somos pobres ! 
Não  pensem que  o nosso texto  representa um apoio  a  gestão,  muito pelo contrário ,  estamos   apenas   tentando  focar  os pontos que realmente  interessam  a maioria das pessoas   deixando  de lado   as  intrigas   intestinas  dos diversos   grupos   que   estão com raiva do prefeito   por serem da gestão  anterior  ou pelo fato  de não terem  conseguido  uma vaguinha na prefeitura. 
Portanto  continuaremos  sempre com uma  posição  crítica  com relação  a administração e  atentos  aos verdadeiros anseios  da  sociedade, apoiando  as verdadeiras e  justas   cobranças   feitas pelo povo  que vão desde    um  atendimento  digno   no Beiró  Uchoa  e nos postos de saúde ,  uma  escola de qualidade,  ruas  limpas ,  ações  que visem  o desenvolvimento do nosso município   até   a prática  da  plena transparência     coisa   que nem a atual  nem tampouco as anteriores  praticaram.      

sábado, 13 de janeiro de 2018

FUJA DA MESMICE



Não fuja de sentimentos intensos que devoram a tua mesmice, desafiam as tua certeza e te convidam a viver sem limites. Melhor viver refém do teu verdadeiro sentir, que se conformar com a tua covardia de não ser você. Desafie os teus limites, são eles que vão te dar o impulso do voo em busca dos teus sonhos. Felicidade não é uma chegada é o percurso da viagem. Só vive quem tem sabedoria o suficiente para fazer o seu próprio destino, então seja você mesmo e não permita que opiniões alheias te faça perder um instante com coisas que não vale a pena gastar tempo. Arrisque-se! Ame sem medo de se entregar, sabendo que corremos o risco de levar muitos tombos no decorrer da vida, mas cada um deles serão aprendizados para reconhecermos o que é verdadeiro. Acredite e confie exclusivamente em você, faça sua própria história, por que sem dúvida as suas melhores recordações serão aquelas que viveu na intensidade, sem arrependimentos. Viver intensamente é pra quem acredita que nem tudo na vida é fácil, mesmo assim tem a coragem de se jogar fazendo valer o seu sentir, sendo dono de suas escolhas e nunca esquecendo que é preciso correr riscos. Siga seus instintos, fazendo a vida se moldar em você, não viva pela metade, faça do seu mundo um espetáculo, assuma o preço de ser você mesmo, onde poucos vão estar ao seu lado para te aplaudir e muitos estarão pra te julgar, mas lembre-se que o único satisfeito a sair desse jogo da vida seja você. O hoje é tudo que temos, então de aos seus dias um novo sentido a cada momento, viva com toda intensidade, sinta a mágica de viver e não simplesmente envelhecer.
_Rodrigo Heros Giulia S_

quinta-feira, 4 de janeiro de 2018

Poema em homenagem a Luanna

Artur Porto

Parabéns
pra ti minha doce e amada Luanna , tu cumprisses apenas mais uma etapa da vida
tudo que aprenderes na escola , desenvolva além das folhas de um caderno e ultrapasses
os limites dos muros que são feitos de cimento e areia
faças disso o teu lema de honrar e defender com toda a sua alma os escritos que irás
escrever pelo resto da vida
sejas uma criança leal e honrada , porque Deus já a abençoa desde o seu nascimento ,
até agora
serás vitoriosa , apenas e faças disso uma meta
sejas madura para algumas regras que a vida nos ensina ganhar ou perder ?
são consequências básicas porque no fim das contas iremos chorar ou sorrir ?
faça da sua estrada um jardim e adorne , o seu ser com a flor do conhecimento
tudo o que aprendemos devemos colocar em prática , e abolirmos um pouco a teoria
porque quem pouco sonha , pouco vive
e quem pouco vive pouco ama .

MOVIMENTO SINDICAL

Logo  no início do  ano   o sindicato  dos professores   sofre  um duro golpe   aplicado   pela    gestão  ao receber  uma notificação   informando que  doravante   apenas   dois   professores  serão disponibilizados   para  a realização das atividades  do sindicato .  Apesar  do estatuto  do Magistério   não  ser claro   quanto   ao  número  de   professores  que  a  prefeitura   poderia disponibilizar para o trabalho  sindical, esse  número   número   já chegou   a  ser dez(10) servidores na época de Edarvd Bernardo,  foi reduzido   para sete(7)   na  gestão de Dilsinho Gomes   e   agora   no ofício  enviado pelo gestor Vavá Rufino esse número  foi  reduzido para   apenas  dois servidores . Segundo a direção do  sindicato   esse número  representa um  duro  golpe na  entidade e no movimento sindical servindo também como   retaliação   devido as posições   críticas  e   independentes    da entidade   com  relação   a administração, além desses   pontos  elencados  essa   repentina  e  inesperada   determinação   do gestor  demonstrar mais uma vez  a postura    unilateral   com   que  a  administração   tem  agido para  resolver os impasses   com  a categoria dos servidores.

  

INFORME SINPREMO


terça-feira, 2 de janeiro de 2018

O NOSSO MAIOR PROBLEMA É O ACESSO A INFORMAÇÃO

Infelizmente  o patamar  de  discussão  aqui em Moreno  está muito aquém  do desejável. E tudo  isso  deve-se ao fato ficarmos tocando  a mesma música de uma nota só,  e  alimentando um debate   que  nos frigir dos ovos  não  trará  uma  verdadeira mudança no modo de  gerir um município.  Tenho acompanha[do   as postagens  dos que defendem  veementemente o  atual  gestor  e a dos   seguidores  do  gestor  anterior  e confesso   ver um fundo  de verdade dos dois lados até porque  os   pontos   elencados  nas discussões  e  debates, muitas vezes acirrados ,   falam   acerca  dos  objetivos finais, ou seja, quem  iluminou   mais ruas, quem fez  uma ponte no engenho,  quem limpou  melhor as ruas, e por aí vai ... francamente  não vejo   problema   nenhum  nessas colocações   e até  curto  quando são colocadas na mídia     para  que   tais ações   se propaguem   e virem rotina   seja lá   de onde tenham vindo se   de Vavá Rufino , Dilsinho  ou quaisquer um dos seus antecessores,  o que mais  me preocupa  e  no meu entender  carece   de  maior  atenção  por  parte da população   são ações que visem  facilitar  o acesso  ao entendimento  das informações  públicas, pois  sabemos  que  quando  a população   fica  a par dessas informações  por  gravidade   as coisas   do tipo  melhorias   para  a  comunidade  começam inevitavelmente  a  aparecer . O que mais  devemos  cobrar   dessa  ou de qualquer outra gestão  é que   divulgue   informações  que  facilitem o  entendimento e funcionamento  da máquina  pública, essas informações  devem  ser planejadas e disponibilizadas em conjuntos, por assuntos, objetos, grupos, módulos ou sistemas de informações. Por exemplo, informações da: arrecadação; folha de pagamento; manutenção de equipamentos; gestão do capital; das compras; contas a pagar; obras públicas; do ativo fixo ou patrimônio; marketing; dos cargos e salários; custos dos serviços públicos; fornecedores; estoques; orçamentos; movimentos bancários; projetos públicos; e dos cidadãos. Sem esquecer que a publicação deve seguir os princípios de sinergia ou coerência e integração entre as informações nos seus mais distintos temas ou serviços públicos.
Sabemos  que  quando  o gestor  investe em planejamento de informações  e , sobretudo, na manutenção dessas  no momento  passagem  do mandato  para o seu sucessor  todos ganham, principalmente os gestores  e os cidadãos.
Essa é a verdadeira  receita . Simples  assim . Só nos falta vontade  e  atitude  para começarmos  a exigir  esse tipo de  ação .
Não  quero  polemizar nem criar  o menor atrito  entre os diversos  grupos existentes na cidade  até porque  continuarei   sem ódio e  sem  medo  elogiando   todas    ações  que sejam veiculadas  pelos ferrenhos  seguidores  da  atual  gestão  na  medida  em venham  ao encontro  dos interesses  da comunidade,  espero  apenas  que  um dia possamos  aprofundar os  debates   e mergulharmos  no maravilhoso  mundo do acesso as informações  claras e precisas de tudo  que acontece nos bastidores do poderes  executivos, legislativos e judiciário  não apenas  nosso  município  mas  do nosso estado e do nosso país.  

domingo, 31 de dezembro de 2017

O MANIQUEISMO PREDOMINA EM MORENO

Maniqueísmo é a ideia baseada numa doutrina religiosa que afirma existir
 o dualismo entre dois princípios opostos, normalmente o bem e o mal.
Para o maniqueísmo, o mundo é dividido entre o bem, representado pelo “Reino da Luz”, e o mal, simbolizado pelo “Reino das Sombras”, ou seja, um eterno combate entre Deus e Diabo
De acordo  com as estatísticas realizadas pelo  Blog Acentelha,  em Moreno   está  concentrado  o maior número de maniqueísta  por metro quadrado do mundo , e como Moreno exporta pra  o mundo  esse  conceito  a cada dia se  afirma em outras plagas na medida em que  muitas  pessoas   inconscientemente  adotam  o modelo  maniqueísta  por considerá-lo  muito simples tendo em  vista que  limita -se  em dividir  todas  as coisas   em apenas dois opostos : "o bem e o mal", "o certo e o errado"" a causa e o efeito"." isso ou quilo" , resumindo ,  apoiar ou ser contra .
Por exemplo, acreditar que uma pessoa  boa será  sempre boa, enquanto uma pessoa má sempre  será má  é uma demonstração  de pensamento maniqueísta.
Além  de  todos  esses tipos de  pensamentos maniqueístas  aqui em Moreno predomina com  intensidade ainda maior  o maniqueísmo  político, muito presente nas competições entre partidos e políticos durante  as eleições por  exemplo. Onde  consiste   na oposição  entre os pensamentos de rivais políticos, que buscam "demonizar" a imagem do oponente  e "santificar os seus próprios  argumentos, mesmo que caiam em contradições . E  quando acaba o período  eleitoral  os maniqueístas  continua  atuando e entoando  o velho  discurso  do  quando pior melhor   e  pelo fato de ter sido  contra o prefeito  eleito  sentem-se na obrigação  de "demonizar"  e  ridicularizar   tudo que  é realizado pela gestão ,  isso é um pensamento  maniqueísta.  Quando passamos  a  agir dessa forma  perdemos  a capacidade  a legitimidade  e o respeito dos  nossos oponentes  na  medida em que  só  observamos  pelo  ângulo  de visão  que nos  interessa, ação que não condiz com  os tempos  hodiernos
Quiçá um dia a fúria dessa turba  seja  amenizada   para  que  possam  analisar  e  extrair   entre os opostos    o  que há  de bom 

sábado, 30 de dezembro de 2017

Imparcialidade, papo furado

Moreno- PE
Nós sabemos que alcançar a imparcialidade plenamente é inatingível, mas não serve como justificativa para não ser buscada. Pois, é papel do jornalista almejá-la, dando voz para todos os lados, com diferentes ângulos, seja com falas de especialistas, índices, dados estatísticos, personagens envolvidos, para que possamos entender e saber explicar o assunto debatido com propriedade. Mesmo assim, não nos esqueçamos, que na tradução dos fatos, iremos sofrer influência do ambiente que estamos inseridos culturalmente, economicamente, politicamente, profissionalmente e socialmente.
Nas revistas semanais, percebemos facilmente que há uma contaminação de gênero opinativo em espaços que deveriam ser apenas destinados a informação, ação que chamamos de editorialização. Ou seja, são espaços que deveriam ser exclusivamente informativos, porém acabam sendo opinativos. Verifique-se nas entrelinhas o excesso de adjetivos encobertos de opinião disfarçadamente. Ou, nem tão disfarçados. Comprovando que não há imparcialidade, até mesmo em espaços exclusivamente para a informação.
Muitas vezes sem ética, o veículo apresenta uma visão favorável a um partido e ideologia, por causa de interesses sejam eles econômicos ou políticos, ação que denominamos de partidarismo político. Contudo, os órgãos de imprensa afirmam que são imparciais, evidentemente estão mentindo. Até então comportamento compreensível, afinal por trás disso há interesses, mas que afeta diretamente os jornalistas.
Sendo uma ameaça à liberdade dos jornalistas que são obrigados a transmitirem a informação, conforme a linha editorial do veículo, caso contrário obterão conflitos, tendo a possibilidade de serem simplesmente chutados, entende-se demitidos. Aliás, é comum, estudantes e profissionais da área terem que se esvaziar de suas opiniões e compartilhar dos interesses do veículo, mesmo não concordando, para trabalhar nesta área.
Embora seja dever do jornalista zelar pela sua liberdade. Entretanto, precisamos ter uma estabilidade financeira, pois vivemos numa sociedade capitalista. Pensamento simplista, no entanto, faz todo sentido.
O que, apenas reforça que a dita imparcialidade, está longe de ser obtida, que nunca será obtida. E que deve ser repensada.
Sobretudo, temos como saída à internet. Um salve a internet. Que serve para criarmos páginas alternativas, exercendo essencialmente a profissão de jornalista, aonde não precisamos custear nossa liberdade e vender uma falsa imparcialidade enganando a população, mas optando por um lado sem papas na língua. Isto é, praticando um jornalismo mais honesto e transparente. Mas, jamais, distorcendo fatos.
*Lucas Mendes é graduando em Jornalismo e colaborou para Pragmatismo Político.

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

CONFRATERNIZAÇÃO

Confraternização do comércio da avenida Bantas Barreto em Moreno /PE  .

PREFEITURA DO MORENO

foto: Blog  Acentelha

Foto : Blog  Acentelha
Sabemos  que  o serviço de  manutenção e limpeza das vias públicas  é uma obrigação  do gestor  mais  diante  do descaso  da gestão anterior  com esse tipo de serviço  somos levados    a  registrar  e  esperar  que  torne-se uma rotina .É muito bom vermos  trabalhadores  realizando   serviço  de limpeza  e  pintura do meio nas  avenidas e ruas da cidade   como a  realizada  na  Rua João Fernandes Vieira   nesse final  de ano.  Esperamos que  no decorrer do mandato   o prefeito  corrija   os erros  cometidos nas gestões  anteriores quando   liberaram de forma abusiva   a  construção  de  pontos comerciais em alvenaria     na  passagem de pedestre e  nas  entradas   das ruas que dão acesso  a  avenida Cleto Campelo ,  onde temos os exemplos mais  deploráveis  de construções  irregulares .

terça-feira, 26 de dezembro de 2017

UM TELHADO QUE CAI

Foto  : Eduardo Costa

O desabar  de um telhado  pode  servir como  tema de   uma tese de mestrado  dependendo  de como, onde  e quando esse  formidável  fato  possa ter ocorrido.  Se  o referido telhado for   de  uma quadra esportiva   no município do Moreno  o tema  está  garantido  e torna-se   riquíssimo para construção de  diferentes  abordagens, hipóteses  e  teses  que  deixarão  de boca aberta  doutores  das mais  eminentes universidade  do  Brasil, quiçá   do mundo  devido a profundidade dos debates  sobre o tema  e das  diversas  nuances , pontos de vistas   e   ângulo  de  visão  que serão  verbalizados ,  ficando apenas a depender   de qual cérebro  serão emitidas  os  prodigiosos  impulsos  neuronais  e em que palanque está situado, oposição ou situação. 
É  importante  que  surjam  em Moreno vozes  coerentes   que abafem  a verborragia   dos  cordões   vermelhos, azuis ou amarelos    e   façam valer o interesse do nosso  povo.  A grande  verdade é que  para  o eleitor imparcial   nenhum  dos gestores  em questão  nunca deram  a mínima   para a manutenção preventiva   daquela  quadra  nem  dos demais  patrimônios  público do  nosso  município , portanto  é desnecessário  a troca de farpas  ou  de concurso do menos ruim . 
Diante  desse  e de outros  incidentes   que  aconteceram nas  gestões anteriores , aconteceu agora  e com certeza   tendem  a acontecer  novamente  é que  temos  o dever  de  pararmos  de procurar culpados e   nos focar  na   chamada conservação e manutenção preventiva  para que fatos dessa natureza não  se repitam .
O prefeito Vavá Rufino  já  governou Moreno outras  vezes  e cometeu  esse erro,  acreditamos  que com a  sua experiência  e  voto de confiança  dado pelo povo de Moreno possa se redimir  e dá um  novo  rumo  para cidade .
Afinal,  o que os morenenses  esperam  de um gestor  é o seu  compromisso  com  o município e o zelo   do patrimônio  público para que de uma vez por todas  acabemos  com  ignorância  de   abandonarmos  uma  obra  construída na gestão anterior   por mera vaidade  que custa caro  para o contribuinte . Esperamos  que doravante o  prefeito  Vavá Rufino  possa mudar essa  lógica  e com muito  trabalho   restaure    a Quadra  e outros   prédios  mostrando  que  Moreno mudou  e   não  importe  quem inaugurou e sim  quem   mantém  a cidade  limpa e conservada. 
BLOG  ACENTELHA


NOSSA CULTURA

Estacionamento  do supermercado CIAVE-  Moreno /PE

Tudo passa  pela cultura. É por esse motivo  que a maioria das  pessoas acham que essa e outras ações são  normais .  Vivemos num ciclo  vicioso e  desde pequenos  estamos acostumados  a  vermos  atitudes  semelhantes  praticados  pelas   pessoas que nos rodeiam  e ao longo dos anos  continuando achando tudo  muito natural  e que  podemos   ser chamados de "espertos"  "sabidos"  pelo fato de  sempre estarmos fazendo  o possível   para tomarmos  o lugar  que não é nosso  ou   tirando vantagem em tudo   e a qualquer  preço. 

domingo, 24 de dezembro de 2017

Organiza o Natal



Alguém observou que cada vez mais o ano se compõe de 10 meses; imperfeitamente embora, o resto é Natal. É possível que, com o tempo, essa divisão se inverta: 10 meses de Natal e 2 meses de ano vulgarmente dito. E não parece absurdo imaginar que, pelo desenvolvimento da linha, e pela melhoria do homem, o ano inteiro se converta em Natal, abolindo-se a era civil, com suas obrigações enfadonhas ou malignas. Será bom.

Então nos amaremos e nos desejaremos felicidades ininterruptamente, de manhã à noite, de uma rua a outra, de continente a continente, de cortina de ferro à cortina de nylon — sem cortinas. Governo e oposição, neutros, super e subdesenvolvidos, marcianos, bichos, plantas entrarão em regime de fraternidade. Os objetos se impregnarão de espírito natalino, e veremos o desenho animado, reino da crueldade, transposto para o reino do amor: a máquina de lavar roupa abraçada ao flamboyant, núpcias da flauta e do ovo, a betoneira com o sagüi ou com o vestido de baile. E o supra-realismo, justificado espiritualmente, será uma chave para o mundo.

Completado o ciclo histórico, os bens serão repartidos por si mesmos entre nossos irmãos, isto é, com todos os viventes e elementos da terra, água, ar e alma. Não haverá mais cartas de cobrança, de descompostura nem de suicídio. O correio só transportará correspondência gentil, de preferência postais de Chagall, em que noivos e burrinhos circulam na atmosfera, pastando flores; toda pintura, inclusive o borrão, estará a serviço do entendimento afetuoso. A crítica de arte se dissolverá jovialmente, a menos que prefira tomar a forma de um sininho cristalino, a badalar sem erudição nem pretensão, celebrando o Advento.

A poesia escrita se identificará com o perfume das moitas antes do amanhecer, despojando-se do uso do som. Para que livros? perguntará um anjo e, sorrindo, mostrará a terra impressa com as tintas do sol e das galáxias, aberta à maneira de um livro.

A música permanecerá a mesma, tal qual Palestrina e Mozart a deixaram; equívocos e divertimentos musicais serão arquivados, sem humilhação para ninguém.

Com economia para os povos desaparecerão suavemente classes armadas e semi-armadas, repartições arrecadadoras, polícia e fiscais de toda espécie. Uma palavra será descoberta no dicionário: paz.

O trabalho deixará de ser imposição para constituir o sentido natural da vida, sob a jurisdição desses incansáveis trabalhadores, que são os lírios do campo. Salário de cada um: a alegria que tiver merecido. Nem juntas de conciliação nem tribunais de justiça, pois tudo estará conciliado na ordem do amor.

Todo mundo se rirá do dinheiro e das arcas que o guardavam, e que passarão a depósito de doces, para visitas. Haverá dois jardins para cada habitante, um exterior, outro interior, comunicando-se por um atalho invisível.

A morte não será procurada nem esquivada, e o homem compreenderá a existência da noite, como já compreendera a da manhã.

O mundo será administrado exclusivamente pelas crianças, e elas farão o que bem entenderem das restantes instituições caducas, a Universidade inclusive.

E será Natal para sempre.

Ah! Seria ótimo se os sonhos do poeta se transformassem em realidade.

Texto extraído do livro "Cadeira de Balanço", Livraria José Olympio Editora - Rio de Janeiro, 1972, pág. 52.
Carlos Drummond de Andrade

quinta-feira, 21 de dezembro de 2017

OPRÓBRIO

 É  lamentável  vermos  pessoas  se regojizarem com o  opróbrio  alheio e  as redes sociais  serem utilizadas  para   divulgação  de fatos desagradáveis  e por que não dizer desnecessários .  Isso fica muito claro  quando vemos pessoas torcendo com a desgraça alheia,  como  as veiculadas   nos últimos  dias  em nossa cidade ,  onde a intimidade   das pessoas  são expostas em todos os  celulares , inclusive vinculando   a  gestão. Afinal! O que o prefeito tem haver  com isso a não ser  tomar  medidas legais  se o  caso exigir .
 Infelizmente  a realidade nos mostra  que alguns de  fato  torcem para que a gestão ao qual elas se opõe sofra algum desgaste ou que aja lesivamente  em  quaisquer momento do mandato, mesmo que os cidadãos   como um todo  saiam perdendo. Quando  ouvimos  alguém dizendo  "bem feito" ao saber   de algo ruim ocorrido com um  desafeto, com uma pessoa  que se torna centro  de  comentários maldosos ou mesmo com os erros  da gestão  mesmo que se trate de  fofoca sem comprovação é  simplesmente  lamentável 
Se faz parte  de nossa natureza humana  nos sentirmos atraídos  pela desgraça  alheia, cabe-nos direcionar esse sentimento de forma positiva , adotando uma postura empática e solidária, para que , caso não ajudemos, também  não atrapalhemos , tampouco fomentemos a maldade. É preciso, afinal, muito cuidado com o que sentimos e com o que desejamos, pois os desejos às vezes se realizam, inclusive aqueles inconfessáveis

    

quarta-feira, 20 de dezembro de 2017

POBRE ELEITOR

Av Ten Cleto Campelo  -  Foto  Blog Acentelha
As vezes fico meditando acerca da  grandiosidade   da nossa  ignorância ,  ignorância  que tem origem   na  escolha  dos  nossos  representante  a nível   municipal    estendendo-se    até   a esfera federal . É  comum  vermos  as pessoas clamando por mudanças   e  no entanto  com  o seu sagrado voto   continuam  elegendo   as  mesma pessoas  dando-lhes    o  poder  de  governarem  uma  cidade um  estado  e até mesmo uma nação  por  várias décadas.  Quando um líder  permanece  no poder   por mais de dois  mandatos   é um sinal   que  a sociedade  que os mantem   está  sem perspectiva  ou não possui a   capacidade   de  produzir  novas lideranças  que possam dar continuidade  aos projetos e anseios dessa  sociedade. Vejam o que aconteceu  em Moreno  por exemplo  onde temos uma  sociedade amorfa , anestesiada  e avessa  a  quaisquer  tipo de valores  éticos , onde  paira  a nossa volta  saraivadas de escândalos dos mais variados calibres, produzindo um verdadeiro  pós doutorado na arte do absurdo  e mesmo  assim  continuamos  a  eleger  os  mesmos   e  nos auto condenarmos  a mesmice . Fato semelhante  iremos  vivenciar  nas  próximas  eleições  presidências  onde   a direita e a esquerda , se é que ainda  podemos  dar-lhes  essas  denominações  ,  devem  lançar  os  mesmos nomes  para presidente da  república   com  suas estruturas   corroídas   pelos  "vermes da corrupção".    Esse é o retrato  nu e cru   de  um arcabouço político que produz  cenas  dantescas  e se faz  acompanhar  das  mais canhestras  contribuições   de uma imprensa  quase  que integralmente movida  a soldo do ideário   dos mesmos . 

BLOG   ACENTELHA



  

terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Mais um Natal.

Engenho soledade - Ipojuca /PE

Ontem conversando com um amigo, falavamos sobre confraternização de fim de ano. E uma polêmica surgiu sobre amigos secretos e cumprimentos desnecessários. 
Infelizmente as pessoas ja estão cansadas de uma falsidade incomum. Onde se passa o ano todo alfinetando, querendo ser mais, procurando puxar o tapete... e quando chega as confraternizações quer um abraço. Um voto de feliz ano novo. 
Graças a Deus eu não tenho o que reclamar de meus amigos. Gosto de confraternizações de verdade. Gosto de abraçar todos aqueles que de alguma forma adimiram e oram por minha vida. 

Quero so deixar registrado aqui... que façam suas festas e confra com pessoas que realmente fazem a diferença na sua vida. Se junte... Ria... abrace ... beije... conte piadas... faça comida... almoce junto... assistam filmes. Porque   levamos isso da vida.. Deus só quer saber do quanto a gente está feliz.

Feliz Natal E que 2018 seja realmente bem melhor. Menos violento.
Marcia Firmino 

segunda-feira, 18 de dezembro de 2017

TENHO DITO


Os ícones atuais da política partidária,  que costumamos   ver  abraçados   em  fotos que não sei de quando, trocando  afagos  ou  tapas e xingamentos  conforme forem convenientes aos seus interesses ou de seus partidos poderia nos causar  nojo, mas  infelizmente   isso  não acontece. E por favor, não incluam por conta própria os interesses da sociedade  nesses desempenhos. Não existem tais interesses, embora eu vá respeitar se alguém garantir ou impuser que sim, porque preservo afetos e tenho respeito pelas opiniões divergentes. 
Os tolos que brigam país afora por políticos, partidos e suas ideologias voláteis, geralmente se orgulham de não verem novelas. No entanto, eles não enxergam que a política notória que nos rodeia é um folhetim. Apaixonam-se pelas personagens mais canastronas dessas tramas diárias, como telespectadores comuns, e ficam cegos; fanáticos; delirantes. Tornam-se capazes de qualquer arroubo, incluindo acessos de raiva seguidos de agressões verbais e até físicas, em defesa de seus "heróis ou mocinhos". Nos capítulos eleitorais a paixão fica tão à flor da pele, que muitos rompem relações românticas, laços de família ou de amizade antiga por essas personagens que não correspondem aos seus amores. 
Excluindo as opiniões engessadas, quiçá formadas ou que dançam conforme a música, e mesmo assim merecem respeito, quero fazer uma pergunta: Será que os  nossos representantes   com seus respectivos  grupos merecem  nosso  respeito e  admiração?

domingo, 17 de dezembro de 2017

DECISÕES

Alexandre Luna

Aquele que poupa o lobo, está imediatamente condenando as ovelhas a morte, é preciso sempre ter sabedoria sobre o que fazer, pois muitas e muitas vezes as decisões em nossas vidas serão nesse formato, salvar o lobo ou salvar as ovelhas.
O certo, nem sempre é fácil de se fazer, nem sempre é bonito de se fazer, mas o certo é o certo mesmo que ninguém esteja fazendo e o errado é errado mesmo que todos estejam fazendo escolha sempre sabiamente, pois uma decisão errada tem suas consequências.

sábado, 16 de dezembro de 2017

CAMARADA SERGIPE! PRESENTE !

Foto Jailton Lauriano 
Sergipe, como  é mais conhecido ,   é uma   figura  que ao longo  dos  anos  ganhou  a simpatia e o respeito  de  todos   os alunos  e professores da  Escola Cardeal  Dom Jaime câmara .  Hoje tive a  satisfação   de  divulgar   essa foto   do amigo  e colaborador  do  Blog  Acentelha   Jailton Lauriano  mostrando  o  nosso  amigo  Sergipe em plena atividade  e com o vigor  que lhe é peculiar   e mostrando   que o tempo não  passa  para  esse guerreiro .   

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Sesi/PE prorroga inscrições para últimas vagas em cursos gratuitos até 11 de janeiro


Moradores da Zona da Mata ainda podem aproveitar as vagas oferecidas no Cabo de Santo Agostinho

O Serviço Social da Indústria de Pernambuco (Sesi/PE) prorrogou, até 11 de janeiro, as inscrições para o processo seletivo simplificado 2018 do programa Educação Básica articulada com a Educação Profissional (Ebep). A iniciativa, destinada aos filhos de trabalhador da indústria de baixa renda, possibilita que o estudante realize gratuitamente o Ensino Médio e um curso técnico para facilitar o início da vida profissional. Das 118 vagas que restam, 24 são no Cabo de Santo Agostinho, que atende também aos moradores da Zona da Mata. As demais vagas estão no Vasco da Gama, Ibura e Araripina. Há seis técnicos, que serão ministrados pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial de Pernambuco (Senai/PE), parceiro do programa. Mais informações pelo telefone 0800.600.9606 ou no site www.pe.sesi.org.br.

“É uma ótima oportunidade para os moradores da Zona da Mata que não conseguiram matricular os filhos nas vagas oferecidas pelo programa em nossa unidade na região”, afirma a gerente do Sesi Cabo, Sueli Alves.

Pessoas de baixa renda que trabalham em padarias, pastelarias, pizzarias e confeitarias, oficinas mecânicas, construção civil, seralharias, gráficas, fabricação de tijolos e telhas, móveis, bebidas, doces, biscoitos, massas e alimentos, marmorarias, confecção de roupas, calçados, bolsas e material de viagem, empresas que fabricam material de limpeza e gelo, gesso, cimento, adubos, plantação, corte e beneficiamento de cana-de-açúcar, empresas de refrigeração e climatização, instalação e manutenção de redes e telecomunicação e outras indústrias.

Onde estudar:
Local de Inscrição
Qtd de Vagas
Curso Técnico Disponível
Escola do Ensino Médio
Escola do Ensino Técnico
Região Metropolitana do Recife ​ ​ ​ ​ ​
SESI Ibura (Recife) ​
14
Automação Industrial
SESI Ibura ​
SENAI Areias ​
Eletrotécnica
SESI Vasco da Gama (Recife) ​ ​
72 ​ ​
Automação Industrial
SESI Vasco da Gama ​ ​
SENAI Santo Amaro ​ ​
Mecânica
Refrigeração e Climatização
SESI Cabo de Santo Agostinho ​ ​
24 ​ ​
Eletromecânica
SESI Cabo de Santo Agostinho ​ ​
​SENAI Cabo de Santo Agostinho
Eletrotécnica
Logística
Sertão ​ ​ ​ ​ ​
SESI Araripina
08
Eletromecânica
SESI Araripina
SENAI Araripina
Total de vagas
118