segunda-feira, 21 de maio de 2018

QUAL O PODER DO VOTO?

Se parássemos  para analisar   a nossa realidade  chegaríamos a conclusão  que  vivemos numa falsa democracia  onde somos  iludidos   a pensar   que    apenas  votando   estamos   legitimando um estado  democrático.  
Ledo engano! .  O voto  tem  uma serventia   muito  pequena  quase que insignificante   já  que na nossa  realidade  nos dar apenas o direito  de  tira um governante   que  não gostamos para  colocarmos outro que talvez venhamos a gostar, só isso .  Daí pra frente o povo  perde  os direitos  democráticos   é  alijado  do processo   e tudo caminha de  forma  a privilegiar os mesmo  já que  para chegarem  ao poder  as articulações , os arrumadinhos ,  e as alianças   provocam  inveja até no capeta . 
 Não se iludam , o apelo   pela  democracia termina  por ai ....  Com  a assinatura  de um cheque em branco, o voto,  você  está  dando ao  governante  plenos  poderes   para   salvaguardar  os  interesses   do seu   grupo  e  dos seus respectivos caciques  políticos  que geralmente  são  das cidades vizinhas   e    tem  interesse   em  garantir   cargos  a todos  os seus  seguidores   que muitas vezes já estão em demasia  no seu reduto  eleitoral . Hoje muitos  reclamamos   da invasão  de cargos   por pessoas   de Jaboatão   na próxima pode ser pelo povo de  Vitória de Santo Antão  e dessa forma  teremos com  o  votos  apenas   uma vã ilusão   de mudar pra continuar no mesmo .

sábado, 19 de maio de 2018

OPOSIÇÃO DOS DESCAMISADOS

, oposição na politica deveria ser aquela que questionasse até seus próprios pares quando algo estivesse errado, a isso chamamos de auto crítica , infelizmente a nossa só ver erros nos adversários . Se o prefeito fosse do lado desse povo que agora são ferrenhos juízes e carrascos ou lhes desse alguma benesse estariam todos caladinhos; Isso não é oposição é oportunismo. É o que estamos acostumados a ver em Moreno. Não votamos em Vavá Rufino e nem tampouco apoiamos a gestão mas temos a consciência de o mais importante é Moreno e uma boa prestação de serviço por parte da administração, assim sendo sendo procuramos fazer críticas construtivas e apontar falhas na gestão atual , para que sejam tomadas as devidas providências na medida em que torcemos para que tudo dê certo, e repudiando de forma veemente o discurso da turba do quanto pior melhor .
Foi desse forma que agimos na gestão de Dilsinho Gomes . Infelizmente o que presenciamos em Moreno é a tipica oposição dos descamisados, ou seja , daqueles que perderam o poder e usando de ardil tentam ludibriar a boa fé de parte da população na tentativa de culpar unicamente a gestão de Vavá Rufino por tudo de ruim que há seculos acontece em Moreno e esconder os erros e desmandos cometidos por seus caciques políticos e dos que estão por trás desses santos do pau oco.
O Blog Acentelha prefere continuar fazendo críticas e apontando soluções independentemente de quem esteja no poder com a esperança de que haja soluções para os graves problemas que sempre afligiram a nossa população e que não são de hoje.

sexta-feira, 18 de maio de 2018

RODA GIGANTE


Eita lugar bom pra se viver é esse Moreno. 
Apoiado sobre a minha região glútea na cadeira em frente do meu notbook, no exílio da minha residência costumo dar boas gargalhadas com a oposição que a cada mandato se revezam de acordo com a derrota do seu grupo politico. 
Tenham certeza de uma coisa os que hoje criticam a gestão de Vava Rufino o fazem por dois motivos:
Uns porque Perderam as benesses e outros porque não tiveram seus interesses reconhecidos na gestão Vava Rufino ou simplesmente foram esquecidos. 
Se conselho fosse bom não se dava vendia , porém darei um de graça  aos que postulam  a  oposição   de Moreno:
Por enquanto fiquem congelados , com certeza os que hoje são pedra amanhã serão vidraça e a política é como uma roda gigante .

quarta-feira, 16 de maio de 2018

INTERESSE

Bicho maldito é o INTERESSE, esse faz surgir ou desaparecer em instantes uma "amizade". É incrível como as pessoas se tornam tão agradáveis e atenciosas quando precisam de você. 
 A amizade desprovida de interesses  é  uma coisa que está  em franca decadência,  mesmo  sendo  algo  grande, pura e verdadeira. A amizade verdadeira não se compra e nem se alia a momentos de interesse material, ela se compõe espontaneamente de cumplicidade, simplicidade,  mas  infelizmente  a  sociedade hodierna  perdeu essa  capacidade  e nos transformarmos em mercenários  e ainda reclamamos   dos  políticos  que  nos  abraçam,  dão  tampinhas nas nossas costas e logo  depois das eleições nos traem  com suas falsas promessas durante  a campanha   política.
Nos tornamos  hipócritas como  os políticos  e por  conta  dessa  nefasta cumplicidade  nada há de mudar  e cada dia seremos  ainda mais  escravos   de uma  humanidade  que  chora  por falta de humanidade.   

segunda-feira, 7 de maio de 2018

CAVEIRA DE BURRO!



 Alexandre Luna
Dizem que, quando alguma coisa tende a ir mal, seguir mal, continuar pior, talvez seja por um simples motivo: uma CAVEIRA DE BURRO, pode estar enterrada em algum lugar bem escondido, só visível para os que acreditam no tal esconderijo e que perseguem a sua existência secreta no intuito de comprovar suas crenças. Há quem diga que aqui na cidade tem uma CAVEIRA DE BURRO enterrada, que nos condenou para sempre a ser um pedaço de nada. Onde estaria a ossada da caveira deste animal ?Poderia estar enterrada no casarão do engenho Morenos?, Escola Dom Jaime Câmara?, prefeitura? Casa de Balthazar? Praça da Bandeira? sei la...Quem sabe um dia não faremos uma campanha popular, dessas que nos unem pela mesma causa para procurar por todos os cantos ou eleger um verdadeiro salvador da pátria que possa desenterrar esse enfeitiçado crânio. Coinsidência ou não, o fato é que Moreno ainda não conseguiu evoluir somos reféns de inúmeras promessas de campanha aquelas de tirarem o chapéu e quando assumem o poder as coisas tomam outro rumo talvés esse dito popular tenha haver com as impacações "BURRO" quando impaca não tem quem faça arredar o pé.!!!

domingo, 6 de maio de 2018

O CAMINHO DA VIDA

Todos nós desejamos ajudar uns aos outros. Os seres humanos são assim. Desejamos viver para a felicidade do próximo - não para o seu infortúnio. Por que havemos de odiar e desprezar uns aos outros? Neste mundo há espaço para todos. A terra, que é boa e rica, pode prover a todas as nossas necessidades. 
O caminho da vida pode ser o da liberdade e da beleza, porém nos extraviamos. A cobiça envenenou a alma dos homens, levantou no mundo as muralhas do ódio e tem-nos feito marchar a passo de ganso para a miséria e os morticínios. Criamos a época da velocidade, mas nos sentimos enclausurados dentro dela. A máquina, que produz abundância, tem-nos deixado em penúria. Nossos conhecimentos fizeram-nos céticos; nossa inteligência, empedernidos e cruéis. Pensamos em demasia e sentimos bem pouco. Mais do que de máquinas, precisamos de humanidade. Mais do que de inteligência, precisamos de afeição e doçura. Sem essas virtudes, a vida será de violência e tudo será perdido. 
A aviação e o rádio nos aproximou. A própria natureza dessas coisas é um apelo eloqüente à bondade do homem, um apelo à fraternidade universal, a união de todos nós. Neste mesmo instante a minha voz chega a milhares de pessoas pelo mundo afora. Milhões de desesperados: homens, mulheres, criancinhas, vítimas de um sistema que tortura seres humanos e encarcera inocentes. Aos que podem me ouvir eu digo: não desespereis! A desgraça que tem caído sobre nós não é mais do que o produto da cobiça em agonia, da amargura de homens que temem o avanço do progresso humano. Os homens que odeiam desaparecerão, os ditadores sucumbem e o poder que do povo arrebataram há de retornar ao povo. Sei que os homens morrem, mas a liberdade não perecerá jamais.

Charles Chaplin

A NATUREZA HUMANA

"Este mundo nunca estará pronto para o verdadeiro socialismo ou capitalismo, é da natureza humana ser individualista e social ao mesmo tempo. Ninguém quer igualdade, oque todos querem são vantagens, mas ocultam isto com uma mascara de solidariedade e justiça dizendo que desejam um mundo aonde todos sejam iguais, quando na verdade ele quer um mundo aonde todos esteja afundados no mesmo rio de lama que ele, e trocaria esta igualdade que ele "defende" apenas para poder estar "acima" de todos."
Douglas S. Brauner

sexta-feira, 4 de maio de 2018

LEI DA VANTAGEM

Alexandre  Luna 

É incrível! 
No Brasil a corrupção é institucionalizada, faz parte de nossa índole como se fosse uma qualidade. Estas pensando que falo dos políticos, não é? Ora, eles nada mais são do que um reflexo da população, nosso cartão de visitas para o resto do mundo. Se votarmos em uma pessoa porque ela nos deu uma cesta básica, um blister de medicamento ou facilidade em algum programa governamental, como será seu comportamento após eleito?

Assim como nas eleições, usamos a corrupção no nosso dia a dia. Nos vangloriamos em vender um carro por mais do que ele realmente vale, e ainda equipando-o com peças  reformas paralelas e duvidosas. Usamos desculpas e oferecemos propina para fugir das multas, pedimos favores ao conhecido do banco para não ficar na fila, estacionamos nas vagas reservadas para deficientes, fumamos dentro das danceterias, vendemos sentenças e somos testemunhas do que não presenciamos, não casamos legalmente para continuar recebendo pensões, arrumamos subterfúgios para não ajudar a criar nossos filhos, batizamos os combustíveis, burlamos descaradamente a receita, fingimos doenças para conseguir atestados e aposentadorias, usamos cargos públicos em benefício próprio e vendemos os princípios éticos em prol do jeitinho brasileiro. Sim, a exceção é a regra do egoísta o povo é tão competente na arte da malandragem que conseguiu privatizar a corrupção, dando-lhe muitos sinônimos: tráfico de influência, articulação, geton, indicação, lobi, propina, comissão, definições resumindo em um único objetivo, "vantagem."

quinta-feira, 3 de maio de 2018

Representantes da Zona da Mata vencem 4ª Corrida SESI​ Dia do Trabalhador


Rochélle Alves
Jornalista
Sesi Pernambuco
Industriários de Carpina e Nazaré da Mata ganharam nas categorias de 10km e 5,8 km
Mais de 5 mil pessoas decidiram acordar cedo terça-feira (1º de maio) para aproveitar o feriado com toda a energia na 4ª Corrida SESI Dia do Trabalhador, que começou às 7h. O evento reuniu famílias inteiras, no Cais da Alfândega, para correrem juntas ou torcer uns pelos outros. E, o trabalhador da indústria foi o centro da comemoração, representando 70% dos mil inscritos.
Por isso mesmo, a disputa pelos primeiros lugares na categoria trabalhador da indústria pernambucana foi bastante acirrada. A Zona da Mata se destacou na competição com dois vencedores. Mirian Miranda, conhecida como Guerreira, da Jurerê Indústria de Alimentos, que fica em Carpina, consolidou-se como um dos nomes mais fortes nos 10 km femininos ao conquistar a prata pela segunda vez seguida. Como prêmio, levou para casa o troféu, a medalha e R$ 1 mil. Já Jonas Manoel, da Mauricea, de Nazaré da Mata, ficou no lugar mais alto do pódio na prova dos 5,8 km masculinos.
Também marcaram presença no evento nomes de peso do atletismo nacional. Ubiratan José dos Santos e Mary Emannuella da Costa garantiram a hegemonia na categoria 10 km geral e levaram o primeiro lugar masculino e feminino, respectivamente, mais R$ 2 mil cada. Ao todo foram distribuídos R$ 14 mil em prêmios na categoria 10 km pelo Serviço Social da Indústria de Pernambuco, com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e da Tramontina. Confira a lista completa dos vencedores abaixo.
Vida Saudável - Para o coordenador de Promoção da Saúde do Sesi/PE, Fernando Medeiros, a grande adesão das pessoas ao evento, cujas inscrições se esgotaram ainda na primeira semana, mostrou que a sociedade busca qualidade de vida, basta ter oportunidade. "A Corrida comprova que as pessoas estão em busca de opções para sair do sedentarismo e as empresas estão procurando investir na qualidade de vida do seu trabalhador, pois estão compreendendo que a prática esportiva traz mais saúde para o indivíduo e mais produtividade para os negócios. Esperamos que a Corrida seja sempre um meio para disseminar esse propósito para todos", afirmou.
Um exemplo disso é a Tramontina, um dos patrocinadores do evento. De acordo com o diretor executivo da empresa, Rui Baldasso, “a gente já apoia a prática de exercícios físicos. Em nossa empresa adotamos a ginástica laboral do Sesi e eu mesmo sempre participo de corridas de 6 a 10 km como esta”, afirma lembrando que participou da categoria 5,8 km. Já Marcelo da Silva, supervisor administrativo da Alpargatas, revela que participar do grupo Alpa Mexa-se representou “uma mudança radical na minha vida. Saí do sedentarismo e perdi 10 kg”. O grupo é formado por funcionários da Alpargatas que contratou treinamento com profissionais de Educação Física do SESI/PE durante o ano inteiro, desde 2015, para estimular a adoção de um estilo de vida saudável. Veja as fotos do evento no facebook.com/sesipeoficial/.
Vencedores da categoria:
10 km - Geral:
Masculino:
1. Ubiratan José dos Santos: ganhou R$ 2 mil
2. Ênio Kleiton​​ de Lima: ganhou R$ 1 mil
3. Jair José da Silva: : ganhou R$ 500,00
Feminino:
1. Mary Emannuella da Costa Oliveira: ganhou R$ 2 mil
2. Mirian Franco da Silva: ganhou R$ 1 mil
3. Maria de Lourdes Ferreira de Souza: ganhou R$ 500,00

10 km - Trabalhador da Indústria Pernambucana:
Masculino:
1. Lucas Nascimento dos Santos (Estaleiro Atlântico Sul): ganhou R$ 2 mil
2. Daniel Alves Dias (Unilever): ganhou R$ 1 mil
3. Samoel Francisco da Silva (Motrice Soluções): ganhou R$ 500,00
Feminino:
1. Silvania Francisca da Silva (Indústria de Panificação Dona Rosa): ganhou R$ 2 mil
2. Mirian Miranda Siqueira (Jurerê Indústria de Alimentos): ganhou R$ 1 mil
3. Tereza Raquel F. de Almeida (Lafep): ganhou R$ 500,00

5,8km - Geral:
Masculino:
1. Valderes Moraes de Almeida: ganhou troféu e medalha
2. Alex João da Silva: ganhou troféu e medalha
3. Willians Sousa da Silva: ganhou troféu e medalha
Feminino:
1. Andreia Melo de Albuquerque: ganhou troféu e medalha
2. Denise Monteiro: ganhou troféu e medalha
3. Maria das Neves Silva Cavalcanti: ganhou troféu e medalha

5,8km - Trabalhador da Indústria Pernambucana:
Masculino:
1. Jonas Manoel Mendes (Mauricea): ganhou troféu e medalha
2. Anderson Roberto Mergulhão dos Santos (Tambaú): ganhou troféu e medalha
3. Rozildo Joaquim da Silva (Mercofricon): ganhou troféu e medalha
Feminino:
1. Cinthia Maria Vilela dos Santos Souza (Compesa): ganhou troféu e medalha
2. Virgina Barbosa da Silva (Babilônia): ganhou troféu e medalha
3. Renata Maria de Castro (Babilônia): ganhou troféu e medalha

quarta-feira, 2 de maio de 2018

CIDADE LIMPA

Lindo lindo sul de España
Acompanho  a página  desse  casal  de viajante   e   essa  pequena cidade na  Espanha   me  chamou a atenção   pelo fato  de ser  limpa e  com   tudo  muito bem arrumadinho não vemos sujeiras nas calçadas ,pichações  nos prédios  e muros   e   construções  muito bem cuidadas. 
Isso  não depende apenas  do poder  público.
  Para que uma  cidade  se torne limpa  é preciso  primeiramente que tenhamos um  povo educado .


segunda-feira, 30 de abril de 2018

4ª Corrida Sesi Dia do Trabalhador vai movimentar feriado do 1º de maio em Pernambuco


São esperadas 5 mil pessoas no evento que vai distribuir R$ 14 mil em prêmios
A 4ª Corrida Sesi Dia do Trabalhador promete movimentar o feriado de 1º de maio no Centro do Recife. Mil pessoas vão participar do evento nesta terça-feira concorrendo aos R$ 14 mil em prêmios (confira a programação e a tabela de prêmios abaixo) e outras quatro mil são esperadas na “pipoca”, ou seja, na torcida e correndo por fora. A partir das 6h40, o pessoal já estará no Cais da Alfândega (ao lado da Livraria Cultura) se preparando para as provas de corrida, nos percursos de 10km e 5,8 km, e de caminhada também de 5,8 km para quem deseja se exercitar de uma forma mais light. O evento terá largada, a partir das 7h, e uma hora depois será a celebração dos vencedores. A corrida tem o patrocínio da Tramontina e Caixa Econômica Federal.
Os inscritos vão concorrer em duas categorias: Corrida geral e Trabalhador da indústria pernambucana, masculina e feminina. Entre os industriários, a disputa será acirrada, pois a maior parte dos corredores se inscreveram nesta classe. “Estamos muito satisfeitos em perceber que estamos atingindo nosso objetivo de estimular a adoção de um estilo de vida saudável, especialmente entre os trabalhadores da indústria pernambucana, o que tem um impacto direto em mais produtividade e menos absenteísmo para as empresas”, avalia o superintendente do Serviço Social da Indústria de Pernambuco (Sesi/PE), Nilo Simões.
Estrutura – O evento vai iniciar, a partir das 6h40, com exercícios de aquecimento e alongamento promovidos por profissionais do Sesi/PE para preparar os competidores para as provas de corrida e caminhada, evitando o risco de lesões. Além da infraestrutura de apoio aos corredores (como guarda-volumes, kit de reposição energética, um lanche para os corredores se refazerem após a corrida e caminhada, formado por bebida isotênica, barra de cereal, fruta, etc, e segurança para a realização da prova), haverá a distribuição de frutas para incentivar a alimentação saudável, um aliado fundamental dos exercícios físicos, entre a população.
Percurso – As provas sairão do Cais da Alfândega, passando pela Ponte Giratória em direção ao viaduto das Cinco Pontas. Chegando ao Cais José Estelita, seguem para o Cais de Santa Rita e vão para a Rua Marquês de Olinda pela av. Alfredo Lisboa para retornar ao Cais da Alfândega, onde completam o percurso de 5,8 km.
Já a prova de 10km realiza o mesmo percurso, porém antes de retornar ao Cais da Alfândega, os corredores devem ir da rua Marquês de Olinda para o Cais do Apolo até a Ponte do Limoeiro em direção à Rua da Aurora. Nesse ponto, atravessa a Ponte Santa Izabel, contorna a Praça da República até pegar a Ponte Maurício de Nassau e chegar ao Cais da Alfândega.
Programação:
6h40 - Aquecimento
6h55 - Largada dos Atletas Especiais
7h - Largada
8h15 - Início da Cerimônia de Premiação
Prêmios:
Categoria
Premiação
Corrida Geral – 10 Km
Masculino
1º colocado
R$ 2 mil
2º colocado
R$ 1 mil
3º colocado
R$ 500,00
Feminino
1º colocado
R$ 2 mil
2º colocado
R$ 1 mil
3º colocado
R$ 500,00
Trabalhador da Indústria Pernambucana – 10 Km
Masculino
1º colocado
R$ 2 mil
2º colocado
R$ 1 mil
3º colocado
R$ 500,00
Feminino
1º colocado
R$ 2 mil
2º colocado
R$ 1 mil
3º colocado
R$ 500,00
Total de prêmios
R$ 14 mil

Rochélle Alves
Jornalista
Sesi Pernambuco
Assessoria de Imprensa


domingo, 29 de abril de 2018

O ANALFABETO FUNCIONAL NA ERA DA INTERNET

Vivenciamos uma época onde os chavões , frases de efeitos e palavras de ordem causam muito mais impacto do que um texto por pequeno que seja, pelo simples fato de vivermos uma realidade onde pouquíssimas pessoas gostam de ler ou tem paciência para tal, e pior ainda são os que leem mas tem dificuldade de compreender o que leu, a esse tipo de pessoas chamamos de analfabeto funcional que por comodidade preferem engolir goela abaixo as matérias exibidas na empresa televisiva , onde todos ou argumentos já chegam prontos, enlatados e com o ponto de vista pré estabelecido pela emissora de TV, Logo você não precisa pensar. Daí por diante você começa a odiar ou amar alguma coisa ou alguém seguindo simplesmente a onda e a moda do momento, sem precisar questionar as causa , os efeitos e as origens o que torna-se muito mais fácil, mais comodo pra o nosso analfabeto funcional .
Muitas vezes ficamos apenas no campo da crítica superficial pelo simples fato de não termos um embasamento legal nem tem tampouco argumentos sólidos e sugestões coerentes para enfrentarmos um determinado problema ou situação que se nos mostra em determinados momentos das nossas vidas e por esse motivo somos teleguiados.
A era da internet é maravilhosa pois veio acompanhada de milhares de informações que são lançadas diariamente na cabeças das pessoas , porém tudo tem um preço e o preço que pagamos e vermos essas milhares de informações, muitíssimas vezes detonaram os raros e frágeis neurônios que não tiveram a capacidade de assimilar, entender e questionar essa nova forma de conhecimento .

sexta-feira, 27 de abril de 2018

IMPRENSA SEM CORRESPONDENTE É NANICA


Fundado maio de 2006 como tabloide Acentelha e a partir de 2009 como BLOG ACENLHA , contamos com 125 seguidores 

Caro Alexandre Luna, lhe parabenizo pela postagem com relação a COLETA DE LIXO. Outro dia fiz uma postagem no blog Acentelha com relação a esse tipo de serviço no nosso município cobrando da gestão e dos vereadores que fosse divulgado um calendário dos dias de coleta para que população pudesse fiscalizar o seu cumprimento ,não obtive resposta , simplesmente porque somos uma imprensa nanica e contamos com o insignificante número de 124 seguidores e muitos deles nem são de Moreno apenas prestigiam de longe nosso trabalho. 
Sabemos que esse problema do lixo vem desde as gestões anteriores e continua na atual ,causando prejuízo a população, e que não estamos com o objetivo de criticar por criticar a gestão mas apenas contribuir pra melhoria dos serviços prestados pelo setor público. É comum vermos aqui e acolá as pessoas cobrando a melhoria na realização desse serviço e muitas vezes culpando a gestão por não gostar do prefeito eleito e termina por ai mesmo . 
Temos o face como aliado e no entanto e não sabemos como utilizar devidamente essa valiosa  e atual ferramenta , postagens isoladas são feitas e se pulverizam dentre muitas outras e as vezes outros interesses são postos em jogo, principalmente os de caráter pessoal ou de grupos .Temos veículos como a MORENOPE.COM, O blog Acentelha, O jornal a Tribuna metropolitana dentre outros que poderiam ter um maior apoio da população e servirem com porta vozes dos seus interesse, com muito mais respaldo e peso para que os poderes constituídos pensassem duas vezes antes de manterem-se numa posição cômoda e inertes diante do clamor do povo. A  impressa  torna-se forte   quando  se apoia nos ombros  dos  seus  leitores , seguidores e correspondentes. 

quinta-feira, 26 de abril de 2018

O OTÁRIO E O O SABIDO

Um velho amigo certa vez me disse: Colega ! Todos os dias sai de casa um otário e um sabido , o grande problema é que todos que encontro pelo caminho acham-se sabidos , quando na verdade estão apenas servindo como massa de manobra e muitas vezes passam a vida com a vã ilusão de que estão se dando bem.
Diante dessa situação onde vemos todos que encontramos se auto denominando arautos do conhecimento, cá com meus botões , me ponho a matutar e começo a perceber que sou um otário dentre milhares de sabidos ,pelo fato de que após essa sutil e filosófica linha de raciocínio tecida pelo meu velho amigo sempre saio de casa na certeza que encontrarei um sabido pela frente que sempre estará olhando-se com desdém por achar-se superior e dono da razão enquanto eu persisto em continuar na dúvida com relação a tudo e tal qual o gado no pasto estou continuamente ruminando tudo ao menor e mesmo assim ainda não tenho certeza em dado momento de que lado estou , se dos otários ou dos sabidos .

quarta-feira, 25 de abril de 2018

A INVEJA OBDUCTA

O provérbio popular "Santo de casa não faz milagre" é bem conhecido ,  tem sua origem na Bíblia ao ser  proferido por Jesus quando disse que "o profeta não é reconhecido em sua própria terra”. E, ao longo do tempo podemos  verificar  e   comprovar realmente  esse provérbio,  vamos citar com exemplo  a nossa  realidade  onde  nada   que  é verdadeiramente  da  terra  cresce nem tampouco  goza de prestígios  e aplausos, muito pelo contrário,  são ignorados ou proscritos por não terem o  mínimo  apoio dos seus conterrâneos, pior ainda, passam a ser  vistas  com desdém , menosprezo  que sempre  vem acompanhados  de   uma  inveja obducta,  fazendo com  que as pessoas custem a ser reconhecidas na sua própria terra enquanto  são muito mais valorizadas fora do local, da região onde moram ou trabalham. É muito comum vermos pessoas que  produzem, criam  e  realizam  qualquer coisa nas mais diversas áreas não serem  valorizadas  pelos  que moram na própria cidade e no entanto  fora dela gozam  de  prestígio  e reconhecimento. Essa  prática   só nos faz  ter mais  certeza  da  pobreza  de  espírito   que nos cerca  e faz com que  continuemos  a chafurdar  na lama do opróbrio.

terça-feira, 24 de abril de 2018

O RESULTADO DO NOSSO VOTO

A Janela partidária é uma vergonhosa forma que o nosso sistema eleitoral criou para permitir que os interesses pessoais e de grupo se sobreponham aos interesses do povo . É uma pena que essa prática tenha apoio popular já que ao longo do tempo os eleitores fizeram com que os candidatos ficassem maiores que os partidos e esses em peças meramente decorativas .
A janela partidária é um período de 30 dias em que os deputados podem mudar de partido sem o risco de perder o mandato por infidelidade partidária. Com esse ato os programas , os ideais e as bandeiras de luta dos partidos perderam a razão de ser e em troca os 'nossos parlamentares ' utilizam-se das eleições como um jogo de cartas marcadas , onde os recursos para a campanha do fundo eleitoral bilionário, controle dos diretórios regionais das legendas e tempo na mídia é a moeda de troca desse processo alienatório.

Além disso, aos partidos, interessa garantir o maior número de cadeiras na Câmara, já que é esse o critério determinante para acesso ao fundo partidário – verba pública anual distribuída aos partidos na proporção dos votos obtidos na última eleição para a Câmara.
Essa é a maior causa dos nossos problemas e NO ENTANTO , legitimamos com o nosso VOTO.

segunda-feira, 23 de abril de 2018

Núcleo de Vigilância em Saúde

Moreno ganhou na manhã desta segunda-feira as novas instalações do Núcleo de Vigilância em Saúde. No local, a população contará com serviços de Epidemiologia,Vacinação e das Vigilâncias Ambiental e Sanitária. O Núcleo já está funcionando na Rua Cipriano Moura, 519, no bairro da LIberdade, próximo ao antigo fórum.

domingo, 22 de abril de 2018

4ª Corrida Sesi Dia do Trabalhador está com inscrição aberta



Rochélle Alves
Jornalista 

Sesi Pernambuco

Assessoria de Imprensa 

www.pe.sesi.org.br

Serão distribuídos R$ 14 mil em prêmios. As inscrições são pela internet

Primeiro de maio está chegando e para celebrar a data, o Serviço Social da Indústria de Pernambuco (Sesi/PE) vai realizar a sua tradicional corrida pelas ruas do Recife. A 4ª Corrida Sesi Dia do Trabalhador terá largada, às 7h, no Cais da Alfândega e vai distribuir R$ 14 mil em prêmios com o patrocínio da Caixa Econômica Federal e Tramontina. A inscrição em uma das mil vagas disponíveis deve ser feita no site www.pe.sesi.org.br até o dia 25 de abril.

Os inscritos vão concorrer em duas categorias: Corrida geral e Trabalhador da Indústria de Pernambuco, masculina e feminina, nos percursos de 10km e 5,8 km, e de caminhada também de 5,8 km para quem deseja se exercitar de uma forma mais amena. Entre os industriários, a disputa será acirrada, pois cerca de 60% dos corredores se inscreveram nesta classe, no ano passado. "A adesão foi muito boa. Acreditamos que ao destinarmos uma categoria específica para a indústria do Estado, motivou ainda mais a participação do grupo", afirma o analista de Qualidade de Vida do Sesi/PE, Fernando Medeiros.

Para participar, os industriários e trabalhadores do Sistema Fiepe (Federação, Sesi, Senai, IEL e Ciepe) pagam valor diferenciado de R$ 20,00, enquanto outras pessoas pagam o R$ 50,00. Já os idosos têm 50% de desconto. "Um evento como este é uma oportunidade ímpar para incentivar as pessoas a abandonar o sedentarismo e dar o primeiro passo para garantir uma vida mais saudável", afirma o superintendente do SESI/PE, Nilo Simões, lembrando ainda que "trabalhadores que praticam alguma atividade física regularmente são mais produtivos e adoecem menos".